tr?id=341541576639304&ev=PageView&noscript=1 - Reeducação alimentar para emagrecer, como fazer?
Ebook Grátis: Dieta Cetogênica - Guia Completo Para Eliminar Gordura e Turbinar Sua Saúde!

Ebook Grátis: Dieta Cetogênica - Guia Completo Para Eliminar Gordura e Turbinar Sua Saúde!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Reeducação alimentar para emagrecer, como fazer?

Reeducação alimentar para emagrecer, como fazer?
Emagrecer com reeducação alimentar

Você sabe o que é reeducação alimentar e como ela funciona? Se não sabe ou se ainda te resta dúvidas, não se preocupe que aqui explicamos tudo para você.

Muitas pessoas fazem dieta, tomam remédios para emagrecer, chás e muitas outras coisas. Conheça os melhores chás para emagrecer aqui.

Isso realmente faz com que a pessoa emagreça porque ela diminui a quantidade de calorias ingeridas.

Porém, quando param com a dieta é muito comum que todo aquele peso ‘perdido’ seja ‘encontrado’ novamente.

Porque isso acontece? Essa é fácil de responder.

Quando a dieta para, a pessoa volta a comer tudo que comia antes e na mesma quantidade.

Ebook Grátis: Dieta Cetogênica - Guia Completo Para Eliminar Gordura e Turbinar Sua Saúde!

Ebook Grátis: Dieta Cetogênica - Guia Completo Para Eliminar Gordura e Turbinar Sua Saúde!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Dessa forma as calorias extras voltam a serem consumidas e consequentemente o peso volta a subir.

Por esse motivo esse método não deve ser utilizado já que ele não é eficaz e também porque o ‘efeito sanfona’ é prejudicial a saúde.

Assim o que a pessoa precisa realmente fazer é uma reeducação alimentar.

E é sobre isso que falaremos nesse artigo. Continue conosco e descubra como fazer.

O que é reeducação alimentar?

Como o próprio nome sugere, reeducação alimentar é o ato de reaprender a comer de forma correta.

Portanto, dessa forma você não precisa deixar de comer nada, apenas tem que aprender a dosar da forma correta o que come.

Porém também é necessário fazer coisas diferentes do que você está acostumada, como ingerir outros tipos de alimentos.

Porque do contrário você não faria uma reeducação alimentar e sim apenas mais uma dieta.

Reeducação alimentar como começar?

Como começar uma reeducação alimentar

A primeira coisa que você precisa fazer em uma reeducação alimentar é reeducar o seu paladar. Mas o que significa isso? Vamos explicar.

Você provavelmente não percebe, mas seu paladar tem sempre preferência por alimentos gordurosos e/ou doces.

Isso é uma herança do nosso ‘eu primitivo’.

Na época dos ‘homens das cavernas’, os humanos eram basicamente caçadores. Portanto era muito comum que eles ficassem dias, as vezes semanas sem conseguir comer nada.

Quando eles conseguiam uma caça o cérebro deles mandava eles comerem o máximo que conseguissem e preferencialmente as partes mais gordurosas da presa.

Isso acontecia pois eles não sabiam quando teríamos a chance de comer novamente.

Os seres humanos evoluíram, mas esse ‘instinto’ se manteve preservado.

Por isso que mesmo hoje em dia damos preferência por esses tipos de alimentos. Nosso cérebro ainda não aprendeu que temos muito mais acesso a comida do que naquela época.

Sendo assim o primeiro passo na reeducação alimentar é reeducar o seu paladar.

Comece diminuindo drasticamente os alimentos gordurosos da sua alimentação, tais como frituras e carnes gordas.

Em seguida corte os doces da mesma forma. Diminua a quantidade de açúcar no café, diminua os chocolates e etc.

Reeducação alimentar passo a passo

Agora que você já diminui a quantidade de doces e comidas gordurosas da sua alimentação é hora de saber com o que substituir esses alimentos e os passos seguintes.

Fizemos uma listinha abaixo para isso, confira:

  1. Coma a cada 3 horas;
  2. Faça suas próprias refeições;
  3. Diminua o sal;
  4. Beba água;
  5. Substitua alimentos;
  6. Experimente novos alimentos;
  7. Pratique exercícios.

Abaixo explicaremos cada um desses itens.

1. Coma a cada 3 horas

Comer de 3 em 3 horas para emagrecer

Lembra do que falamos mais acima, dos ‘homens das cavernas’ e como nosso cérebro funciona igual?

Pois então, comer com regularidade, a cada 3 horas, é a forma de ‘sabotar’ esse funcionamento do cérebro.

Fazendo isso o seu estômago está sempre ‘meio cheio’. Por isso seu corpo entende que não está faltando comida e gasta mais calorias.

Não importa se as refeições intermediarias forem apenas uma fruta ou uma barra de cereal, o importante é manter ingerindo alimentos para que o corpo trabalhe gastando mais calorias.

Então lembre-se. Não é a fome que faz você emagrecer é justamente o oposto.

2. Faça suas próprias refeições

Faça suas próprias refeiçoes

Se você tem o costume de comer fora ou pedir comida para comer em casa, suspenda já.

Quando você come em um Buffet é normal comer mais do que deve pois existem muitas variedades e o ‘olho’ fala mais alto.

Já quando pede comida para comer em casa não se sabe o que foi colocado nela. Porque você não sabe quanto foi utilizado de óleo e sal, por exemplo.

Sendo assim faça suas próprias refeições. Se não tiver tempo existem refeições que dão para fazer rapidamente.

Assim você faz só a quantidade de comida que realmente precisa e pode controlar a quantidade de condimentos dessas refeições.

3. Diminua o sal

Diminuir o sal faz parte de uma reeducação alimentar

O sal é um dos grandes causadores de doenças cardiovasculares, como a pressão alta.

Além disso ele também é responsável pela retenção de líquido no corpo. Muitas vezes parte do seu peso é, na verdade, só água retida sem necessidade no corpo.

Diminua o sal e todos os problemas causados por ele também diminuem.

4. Beba água

Beba bastante água

Nosso corpo é 70% água. Por isso é importante você se manter bem hidratado.

Existem aplicativos que inclusive lembram você de quando beber água e quanto precisa beber por dia.

Outros líquidos, como chás e sucos podem ser ingeridos. Mas você precisa ingerir pelo menos 50% de água pura por dia.

Se você bebe 2 litros de líquidos por dia, pelo menos 1 litro deve ser água pura, por exemplo.

5. Substitua alimentos

Para uma boa reeducação alimentar, substitua guloseimas por alimentos de verdade

Na reeducação alimentar você precisa substituir os alimentos muito calóricos por outros.

Por exemplo:

  • Troque o doce por uma fruta;
  • Troque o bacon por frango ou peixe;
  • Troque a guloseima por uma barra de cereal.

Qualquer alimento que tirar da sua alimentação, precisa ser substituído por outro.

Aposte também nos alimentos com fibras. Eles satisfazem mais e por mais tempo.

6. Experimente novos alimentos

Sabe aquele alimento que você nunca comeu mas não gosta?

Pois então, é importante testar novos alimentos na reeducação alimentar.

Com o tempo o corpo se acostuma com os alimentos e para continuar emagrecendo é preciso alternar entre um e outro.

Nunca caia em uma ‘rotina alimentar’.

7. Pratique exercícios

Pratique exercícios

Chegará um momento em que mesmo com a reeducação alimentar estabelecida, você não conseguirá mais baixar de peso.

Nesse momento será necessário iniciar a prática de exercícios físicos para continuar emagrecendo.

Então, faça a reeducação alimentar e pratique exercícios físicos, isso não será bom apenas para o seu peso mas também para a sua saúde.

Gostou? Não esqueça de compartilhar em suas redes sociais.

Comentários no Facebook
Avalie esse post!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *